Menu

Ecoa e Colônia Z18 em tomada de posse da APA Estrada-Parque Piraputanga

As organizações tomaram posse da unidade de proteção ambiental criada no ano 2000

posso_apa_fev_2018 (3)
Publicado em 1 de março de 2018 às 18:15 Compartilhar:
Aparecido durante tomada de posse da APA Estrada-Parque Piraputanga

Aparecido durante tomada de posse da APA Estrada-Parque Piraputanga

No dia 27 de fevereiro, a Ecoa, representada pelo Engenheiro João Carlos Siqueira e a Colônia de Pescadores Profissionais Artesanais de Anastácio, representada por seu Presidente, tomaram posse no Conselho da APA Estrada-Parque de Piraputanga. Ambos na função de Conselheiro Titular.

A APA Estrada-Parque de Piraputanga foi criada em 2000, passa pelos distritos de Palmeiras (Dois Irmãos do Buriti), Piraputanga e Camisão (Aquidauana), sendo uma região importante para conservação, de grande interesse ambiental e, portanto, o motivo da decisão de implantação da mesma, de modo a garantir uso sustentável dos recursos naturais e qualidade de vida para as comunidades locais.

Segundo o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), o Conselho Consultivo é o órgão responsável por zelar pelo correto cumprimento do plano de manejo da Unidade de Proteção Ambiental. Um exemplo é o conjunto de sugestões encaminhadas pelo Conselho ao governo do Estado por ocasião da decisão de pavimentar os 18 quilômetros restantes da Estrada-Parque, entre os distritos de Palmeiras e Piraputanga. “A construção de mirantes, portais, sinalização turística, limitação da velocidade, ciclovia paralela em todo percurso e até passagens para os animais (evitando, assim, atropelamentos na pista) são algumas das medidas sugeridas pelo Conselho para a obra”.

Compartilhar: