Menu

Custos dos eventos climáticos extremos de 2017 passam dos US$ 330 bilhões

Incêndios, furacões e outros grandes eventos climáticos extremos contribuíram para esses altos custos

clima-coruma
Publicado em 19 de abril de 2018 às 13:47 Compartilhar:

Via Clima Info

Os custos gerados pelos eventos climáticos extremos do ano passado somam a segunda mais alta conta climática já registrada. A parte destes que tinha seguro jogou uma conta para as seguradoras que passa dos US$ 140 bilhões, esta sim, um recorde absoluto. Somente os três furacões caribenhos, Harvey, Irma e Maria, custaram US$ 92 bilhões, cerca de 5% do PIB brasileiro. Os vários incêndios florestais que aconteceram na Califórnia, Portugal, Espanha, Canadá e Austrália causaram prejuízos de US$ 14 bilhões e mais de 11.000 mortes ou desaparecimentos. As seguradoras sabem que a conta, tanto a geral quanto a delas, só aumentará daqui para frente.

Compartilhar: