Menu

Dentre os cenários positivos da cena ambiental, Oásis

Iasmim Amiden apresenta Programa de Conservação de Polinizadores durante encontro transfronteiriço no Ceppec

iasmim3
Publicado em 17 de agosto de 2018 às 11:00 Compartilhar:

Assentamento Andalucia, Nioaque, MS – Julho, 2018*

Você já percebeu a variedade de flores existentes na natureza e quantos frutos elas podem fornecer? E já se perguntou o que dá vida a elas?

A partir dessas perguntas, a coordenadora do Programa Oásis, Iasmim Amiden, iniciou a apresentação do que vem a ser um cenário positivo na cena ambiental. Isto em meio ao desaparecimento em massa de polinizadores, que refletem em danos econômicos, ambientais e sociais.

Durante o encontro realizado no Centro de Capacitação, Produção e Pesquisa do Cerrado (Ceppec), no Assentamento Andalucia, em Nioaque/MS, os questionamentos fizeram a ponte entre a proteção desses animais e a prática do extrativismo sustentável. Por exemplo, para alguns frutos com os quais trabalham os grupos rurais extrativistas do Cerrado e Pantanal, foram identificados seus principais polinizadores.

frutos-polinizadores

A interlocução permitiu o entendimento de que regiões ainda livres de ameaças como queimadas, desmatamento e uso de pesticidas, podem ser um oásis para a proteção das espécies e seus serviços ecossistêmicos. E o Pantanal pode ser uma delas.

iasmim-falaO programa desenvolvido pela Ecoa promove por meio de pesquisa científica, campanhas e medidas junto as famílias locais – incluindo a produção de mel, de forma sustentável, como alternativa geradora de renda –, a salvaguarda da região para a conservação das espécies. Sobre esta última, discorreu o especialista em apicultura Ademir Almeida, criando o elo entre a atividade e a proteção de abelhas e outros polinizadores.

 

Por fim, um material convidativo a Oásis, também entregue durante o encontro…

0001 0002

Clique aqui para fazer o download do material

*As atividades foram realizadas por meio do Projeto Corredor Miranda-Bodoquena – Preenchendo lacunas socioambientais, apoiado pelo CEPF/IEB e ECCOSConectando Paisajes en el Bosque Seco Chiquitano, el Cerrado y el Pantanal de Bolívia y Brasil para la Sostenibilidad del Desarrollo Productivo, la Conservación de sus valores ambientales y la Adaptación al Cambio Climático, com apoio da União Europeia.

Compartilhar: