Menu

Ecoa recebe apoiadores do Projeto “Corredor Miranda Bodoquena: preenchendo lacunas socioambientais” para tratar de sinergias entre propostas

Na ocasião, foram apresentados os projetos na área de restauração ambiental que acontecem no estado com o apoio do Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF/Cerrado)

Ecoa1
Publicado em 18 de maio de 2018 às 13:19 Compartilhar:

No dia 9 de maio, a Ecoa recebeu em sua sede, na cidade de Campo Grande, representante da instituição financiadora do Projeto Corredor Miranda Bodoquena: preenchendo lacunas socioambientais para discutir sinergias entre outros projetos apoiados pela mesma iniciativa do financiador Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF/Cerrado). Michael Becker do Instituto Internacional de Educação do Brasil, do Critical Ecosystem Partnership Fund (IEB/RIT/CEPF-Cerrado) esteve presente, além de representantes da Neotrópica, WWF, Associação Indígena da Aldeia Brejão – Ahy e a equipe da Ecoa.

Este ano, a equipe apoiadora do Projeto da Ecoa visitou as áreas vinculadas ao projeto que passam pelo processo de restauração, no Assentamento Bandeirantes, município de Miranda (MS). O projeto da Ecoa tem o objetivo de auxiliar a revegetação e conservação do Cerrado através do fortalecimento do extrativismo não madeireiro por comunidades e assentados do Mato Grosso do Sul – corredor Miranda-Bodoquena e, com isso, promover e fortalecer as cadeias produtivas associadas com o uso sustentável dos recursos naturais e a restauração ecológica.

Confirma algumas imagens desse encontro:

 

Compartilhar: