Menu

Evento da ZICOSUR reúne representantes de governos e pesquisadores do Paraguai, Chile, Bolívia, Argentina e Brasil

ECCOS teve destaque com 4 apresentações que trataram, no âmbito do Projeto, sobre gestão territorial, ações transfronteiriças e unidades de conservação no Pantanal

I Encontro de Tecnologias de Impacto ambientel e IV Encontro de Áreas Protegidas (Foto: Iasmim Amiden)
Publicado em 19 de novembro de 2018 às 18:21 Compartilhar:

iasmim

Por Iasmim Amiden (Ecoa – Ecologia e Ação)
Iasmim é jornalista e coordena o Programa Oásis de Conservação de Polinizadores, da Ecoa

 

Encontros da ZICOSUR – Mais de 200 participantes, entre representantes de governos, pesquisadores e técnicos do Paraguai, Chile, Bolívia, Argentina e Brasil, alguns destes membros da Zona de Integração do Centro Oeste da América do Sul (ZICOSUR), estiveram presentes no I Encontro de Tecnologias de Impacto Ambiental e IV Encontro de Áreas Protegidas. Ambos realizados entre os dias 7 e 8 de novembro em San Miguel de Tucumán, Argentina, e promovidos pela Comissão de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Mudanças Climáticas da ZICOSUR, presidida pelo Governo Departamental de Santa Cruz, Bolívia (GADSC).

ECCOS – Entre os grandes destaques dos encontros, quatro apresentações foram de iniciativas desenvolvidas no âmbito do Projeto ECCOS, expostas por:

- Governo Departamental Autônomo de Santa Cruz (GADSC) – Apresentação de Juan Carlos Añez, diretor de Áreas Protegidas do GADSC, que falou sobre gestão territorial de unidades de conservação;

- Fundación para la Conservación del Bosque Chiquitano (FCBC) – Julio Cesar Salinas, diretor técnico da FCBC, tratou de ordenamento e planificação territorial;

- Asociación para la Conservación de la Biodiversidad y el Desarrollo Sostenible (SAVIA) – Fredy Galo Rivero, que tratou da importância das ações de projetos com iniciativa transfronteiriça;

- E ECOA – as unidades de conservação no Pantanal foram destaque na fala do diretor presidente André Luiz Siqueira. Entre outras, foi apresentada a proposta de criação da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) da Barra do São Lourenço, comunidade tradicional localizada na região da Serra do Amolar – área de fronteira entre os estados de MS, MT e o país vizinho, a Bolívia. Além disso, frente ao debate sobre gestão transfronteiriça, André ressaltou a importância da participação da sociedade civil organizada nos processos de incidência política, alinhada a investigação científica.

Unidades de conservação no Pantanal e proposta de criação de RDS da Barra do São Lourenço são destaques em apresentação feita em Tucumán, Argentina (Foto: Iasmim Amiden)

Unidades de conservação no Pantanal e proposta de criação de RDS da Barra do São Lourenço são destaques em apresentação feita em Tucumán, Argentina (Foto: Iasmim Amiden)

Mesas de debate – Além das apresentações, foram compostas mesas de debate como espaços de intercâmbio e de discussão. Da troca de informações entre os membros da ZICOSUR e outras organizações presentes, entre elas IUCN, ProYungas, WWF-Bolívia, etc., foram discutidas formas de impulsionar estratégias transfronteiriças de gestão territorial e avançar na conformação de uma rede articulada de áreas protegidas no âmbito da ZICOSUR.

Sobre o Projeto ECCOS – Ecorregiões, Conectadas, Conservadas e Sustentáveis (ECCOS) é um dos 5 projetos apoiados pela União Europeia no âmbito do Programa “Conservación, uso sostenible y buen gobierno de la biodiversidad en cuatro biomas vulnerables en el centro de América del Sur: Bosque Chiquitano, Chaco, Cerrado y Pantanal”, que se deu por meio da Comissão de Meio Ambiente da ZICOSUR. Entre os objetivos, prevê a criação de uma identidade de fronteira e a sinergia com outros projetos, para dar base às ações concretas e fortalecer, inclusive, acordos e tratados firmados entre os países na esfera ambiental.

Sobre a ZICOSUR – A Zona de Integração do Centro Oeste da América do Sul (ZICOSUR) tem origem em 1997 e é integrada por 46 governos regionais do Chile, província da Argentina, todos os departamentos da Bolívia, exceto La Paz, assim como Estados do Brasil (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina), todos os departamentos da República do Paraguai e os departamentos do sul do Peru. É, atualmente, presidida pelo Governo da Província de Tucumán.

Compartilhar: