Menu

Fracking suja a água – esta é a conclusão da agência ambiental dos Estados Unidos

Versão final do relatório da Agência Americana de Proteção Ambiental dos EUA põe um fim à falsa narrativa de que fracking “não oferece risco’ e que foi amplamente promovida pela indústria.

fraking
Publicado em 16 de dezembro de 2016 às 18:12 Compartilhar:

Fonte: Estado de Minas
Via Não Fracking Brasil

O ‘fracking’, ou fraturamento hidráulico, técnica para liberar gás e petróleo de xisto, pode ter um impacto negativo sobre a qualidade e disponibilidade de água potável nos Estados Unidos, advertiu o governo americano na terça-feira, 13.

“Esta avaliação é a compilação mais completa até hoje de dados científicos nacionais sobre a relação entre os recursos de água potável e o fraturamento hidráulico”, disse Thomas Burke, consultor científico da Agência de Proteção Ambiental (EPA).
O relatório final da EPA “fornece evidências científicas de que as atividades de fraturamento hidráulico podem impactar os recursos de água potável nos Estados Unidos em algumas circunstâncias”, e se baseia em uma revisão de mais de 1.200 fontes científicas citadas.
A técnica do ‘fracking’ consiste em injetar uma mistura de água e substâncias químicas com alta pressão em rochas profundas para estimular o fluxo de gás ou petróleo de xisto.
A avaliação inicial da EPA não tinha encontrado nenhuma evidência de que o ‘fracking’ poderia prejudicar sistematicamente o abastecimento de água.
Mas o último relatório, que foi solicitado pelo Congresso americano, “identificou certas circunstâncias sob as quais os impactos das atividades de fraturamento hidráulico podem ser mais frequentes ou graves”.
Estes impactos ocorrem geralmente em áreas próximas aos poços de produção de gás e petróleo de xisto.
O impacto sobre a qualidade da água pode ser temporário ou resultar em uma contaminação que impeça o consumo de água das fontes e pontos próximos.

Leia o relatório sobre o quanto os produtos químicos tóxicos usados no Fracking podem afetar a vida selvagem e os seres humanos no Reino Unido e na Europa.

CHEM Trust é uma organização filantrópica do Reino Unido que trabalha em níveis internacionais para prevenir que produtos químicos criados pelo homem causem danos de longo prazo para os humanos ou para a vida selvagem, se assegurando de que químicos que possam causar tais danos sejam substituídos por alternativas seguras..

 

Compartilhar: