Menu

Hidrovia Paraná Paraguai: Megaprojeto em rearticulação

A Ecoa monitora e atua frente ao megaprojeto desde que foi criada e diante dos fatos, entende que é necessário realizar ações de esclarecimento da população

hidrovia-3
Publicado em 17 de dezembro de 2015 às 12:27 Compartilhar:
hidrovia-parana-paragua

Confira o documento elaborado pelo diretor institucional da Ecoa.

Originalmente foi concebido pelos 5 países da bacia do rio da Prata (Argentina, Bolívia, Paraguai, Uruguai e Brasil), na década de 1980, com o objetivo de transformar os rios Paraná e Paraguai em um canal industrial de navegação, permitindo a circulação de grandes comboios durante todo o ano e nas 24 horas do dia. 
Para tanto previa pesadas obras de engenharia, como, por exemplo, o derrocamento, dragagem e canalização estrutural em centenas de trechos ao longo de todo o sistema formado pelos 3.400 km dos dois rios. O Pantanal, parte do sistema, seria a região mais impactada.

Comidas e vindas o projeto não prosperou principalmente pela reação contrária da sociedade, sendo que o governo brasileiro por duas vezes anunciou a desistência. Mais recentemente novas iniciativas governamentais surgiram nos marcos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e também no campo privado através de um fundo de investimentos (P2Brasil / HBSA) que conta com apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). De parte do governo brasileiro foram realizados novos estudos, destinação de recursos e adequação da legislação para enquadramento das obras. Algumas obras obtiveram licenciamento como a construção de um canal de mais de 4 quilômetros.

Talvez os primeiros ruídos já possam ser ouvidos com as tentativas de expulsão de uma comunidade na região de um dos portos do Pantanal.

A Ecoa monitora e atua frente ao megaprojeto desde que foi criada (1989). Diante dos fatos mais recentes a organização entende que é necessário realizar ações de esclarecimento da população, sendo que este trabalho é uma das ferramentas para tanto.

Faça o download do documento “Hidrovia Paraná Paraguai: O Megaprojeto Rearticulado“, elaborado pelo Diretor Institucional da Ecoa, Alcides Faria.

Compartilhar: