Menu

Antônio Maria Coelho

Localizada na Morraria do Urucum, a 35 km de Corumbá, nesta comunidade centenária vivem aproximadamente 35 famílias. A região, apesar de ser local de nascentes, sofre com falta de água ocasionada pela carência de informação da ocupação humana e pelo uso desenfreado das empresas de mineração e ferro-gusa que atuam no local.

A presença dessas empresas promoveu forte pressão para a expulsão dos pequenos agricultores da Região. Apesar de centenária, são poucos os moradores que possuem documentos que comprovem a posse das terras.

Com orientações da Ecoa, através do projeto “Pantanal e os Riscos da Contaminação”, a comunidade ganhou voz e hoje organizados em Associação, foi possível iniciar diálogos com as empresas para assim garantir uma convivência pacífica.

A parceria com outras ONGs, como a Paz, Natureza & Pantanal (PN&P), os moradores recebem orientações para conseguirem na justiça o direito de usucapião para a regularização das propriedades. Com a Embrapa Pantanal, a comunidade tenta aliar conservação e uso racional dos recursos naturais da região em projetos de agricultura familiar e extrativismo.