Programa Oásis – ‘Semeando’ abelhas e colhendo sustentabilidade | Ecoa
Menu

Programa Oásis – ‘Semeando’ abelhas e colhendo sustentabilidade

Produção de mel gera renda às famílias e contribui para a conservação de polinizadores em regiões ainda livres de ameaças como os pesticidas

apiario-mel-oásis-abelhas-ecoa-
Publicado em 13 de fevereiro de 2019 às 15:19 Compartilhar:

Colheita: Mel puro, orgânico e saudável, produzido em áreas ainda livres dos efeitos dos pesticidas. Assim é o mel produzido pelas famílias envolvidas no Programa Oásis de Conservação de Polinizadores, como as produtoras da comunidade São Francisco, localizada a 140 km do município de Corumbá, e do Assentamento Bandeirantes, localizado no município de Miranda. De novembro a janeiro deste ano, foram colhidos quilos e quilos de méis, resultantes de um grande trabalho de fortalecimento e proteção das abelhas, através do combate ao uso do fogo, de pesticidas e também do desmatamento, ameaças à sobrevivência dos enxames.

O valor do mel: Toda a produção é pautada por valores que conferem a unicidade do mel – o valor social, o econômico e o ambiental. Social porque é produzido por famílias pantaneiras e de assentamentos rurais. Econômico porque confere ingresso a renda, conjunto as atividades que já desempenham e, principalmente, para os pescadores/as produtores/as. Isto porque, a renda advinda do mel, durante o período de maior dificuldade do ano, o defeso – quando a pesca é proibida – estes/as pescadores/as, ficam em média 4 meses do ano sem receber o seguro defeso. Além disso, o valor ambiental, porque a produção de mel sustentável é um indutor de mudanças de hábitos dentro das propriedades e de seu entorno para uso dos recursos naturais, e ajuda na proteção de abelhas e outros polinizadores.

Produção: Esta é uma das frentes do Programa Oásis, que tem a conservação de polinizadores como objetivo central. A produção realizada por famílias do Pantanal, de assentamentos rurais e também de fazendas, com assistência técnica da Ecoa, através do Programa, é ecologicamente adequada. A proteção das espécies é o pilar central para promoção de uso sustentável dos recursos e geração de alternativa de renda.

Projeto ECCOS: Oásis é também uma das ações do Projeto ECCOS (Ecorregiões, Conectadas, Conservadas e Sustentáveis), que tem apoio da União Europeia, para a conservação de polinizadores e o combate às queimadas, entre outras ações como a formação de brigadistas e mapeamento do uso de recursos naturais.

Compartilhar: