Menu

TV Colombiana realiza série de reportagens no Pantanal

A viagem tem como objetivo explorar temas de pesquisa em agricultura e pecuária

Foto: Walfrido Tomas.
Publicado em 24 de abril de 2018 às 15:50 Compartilhar:

Via Embrapa Pantanal
Por Raquel Brunelli d’Avila

Entre os dias 12 e 17 de abril, uma equipe da TV Agro da Colômbia, composta pelo jornalista Santiago Arias e pelo Cinegrafista Sergio Guerra, esteve percorrendo o Mato Grosso do Sul para a realização de uma série de reportagens com enfoque nas pesquisas desenvolvidas pela Embrapa Pantanal junto aos parceiros da instituição na região Pantaneira.

Acompanhados por pesquisadores e por uma jornalista da Unidade de Corumbá, a equipe de TV visitou 3 propriedades rurais e 1 lote do Assentamento Rural pertencentes a parceiros da Embrapa, além da região ribeirinha da Codrasa – Ladário, Porto Geral de Corumbá, entre outros locais, afim de realizar as gravações de imagens e entrevistas sobre os seguintes temas de pesquisa desenvolvidos na região: Apicultura; Cavalo Pantaneiro; Moringa e feno para alimentação do gado na seca; Monitoramento da Cheia no Pantanal; Criapanta; Iscas e Pesca, e Bovino Pantaneiro.

Gravações em SP, RJ, MS, RS e MG

Segundo o jornalista da emissora Colombiana, Santiago Arias, esta viagem tem como objetivo explorar temas de pesquisa em agricultura e pecuária desenvolvidas no Brasil: “estamos viajando pelo Brasil desde o início de abril, e já percorremos, além do Pantanal, os estados de São Paulo – onde realizamos reportagens nas Unidades da Embrapa “Pecuária Sudeste” e “Instrumentação”, ambas situadas na cidade de São Carlos – e Rio de Janeiro, registrando algumas pesquisas na Unidade “Solos”, localizada na capital fluminense. Em Corumbá encerramos as filmagens com a Embrapa, mas o roteiro no país continua: passaremos pelo Rio Grande do Sul e depois finalizamos as gravações em Minas Gerais, totalizando 36 dias de viagem”, detalhou Santiago.

“Poder conhecer mais e registrar, por meio de matérias de TV, o trabalho desenvolvido pela Embrapa no Brasil e compartilhar estas tecnologias, muitas vezes simples e de fácil aplicação, com os produtores rurais da Colômbia e de outros países é muito gratificante, pois auxiliamos assim a melhoria da produção no campo, mostrando exemplos de produção de alimentos em diferentes condições de clima e relevo, com menor custo e mais qualidade”, concluiu o jornalista.

O cinegrafista Sérgio Guerra conta que ficou muito impressionado com o Pantanal: “uma coisa é quando te falam do Pantanal, outra é estar aqui. Antes de viajar olhamos no mapa a distância que iriamos percorrer até Corumbá, que está muito distante da cidade em que vivemos, Medellín, e digo que valeu a pena cada quilometro rodado. Temos visto muitas paisagens bonitas, gente simpática e disposta a colaborar com o nosso trabalho. Tenho certeza que o que ficará não são apenas as imagens que gravo com a câmera mas sim as que vou levar na minha mente e no coração. A região como um todo, a fauna, as paisagens e o entardecer na região pantaneira, que é particularmente espetacular, vão ficar marcados na minha memória pra sempre” relatou Sérgio.

O Chefe Geral da Embrapa Pantanal Jorge Ferreira de Lara avalia esta visita como uma oportunidade de mostrar o Pantanal, o trabalho das pessoas que nele vivem e, neste contexto, a Embrapa também se apresentar como um dos autores em busca das soluções tecnológicas para região. “No caso especifico, por se tratar de uma emissora internacional, acredito ser esta uma chance para que mais pessoas conheçam o que é feito no Brasil e, ao mesmo tempo, integrar nossos povos. A Embrapa possui uma política de alcance internacional e a Unidade de Corumbá, por sua posição geográfica, tem procurado estar próxima da Bolívia, mais recentemente também do Paraguai e agora, com a visita da equipe da TV Agro, da Colômbia, afim de assim transferir as tecnologias que nós disponibilizamos para pessoas de locais mais distantes. Por meio das trocas de experiências a América do Sul tem a oportunidade de se tornar mais integrada e forte”, concluiu Jorge.

Compartilhar: