Artesanato com aguapé: conheça a beleza desta tradição do Pantanal

3 minutos de leitura
Foto: Fabio Pellegrini
O Artesanato com aguapé é produzido com uma planta aquática abundante no Pantanal.
As peças são feitas pelas mulheres artesãs do grupo RENASCER, uma associação que fica na comunidade Barra do São Lourenço. Com a fibra do aguapé elas produzem tapetes, bolsas, chapéus e outros acessórios, conquistando maior autonomia financeira e criando melhores condições para suas famílias.
A comunidade Barra do São Lourenço está localizada na margem esquerda do rio Paraguai, na região da Serra do Amolar, considerada uma das áreas mais isolada e de difícil acesso do Brasil. Para chegar até o local, é necessário viajar até Corumbá, cidade de Mato Grosso do Sul, e percorrer através de uma embarcação 221 km pelo rio Paraguai, trajeto que leva, em média, 7 horas para ser concluído.
A comunidade tradicional é formada por pescadores, isqueiros e artesões, o que evidencia a íntima relação com as águas. O rio é o transporte e sustento da comunidade. “O rio é o que nos leva e o que nos traz. A água para nós é vida”, afirma dona Leonida Aires, pescadora e artesã.  

A prática possui origem indígena. Foi ensinada e incentivada por Catarina Guató, anciã da comunidade, e é repassada para as novas gerações que “devagarinho vão aprendendo e fazendo”, de acordo com Leonida. Atualmente, seis mulheres sabem e trabalham com a técnica do artesanato. As artesãs saem para coletar aguapé ao longo das águas do rio Paraguai, a planta é lavada e colocada para secar. A secagem depende do sol e leva de três a cinco dias. Após a seleção de tamanho e grossura dos talos, as tranças são feitas para que as peças sejam elaboradas.  

A cadeia socioprodutiva do aguapé auxilia diversas mulheres na autonomia econômica e no sustento de suas famílias. “A gente está na luta pela sobrevivência, pela continuidade de nossa família”, diz Leonida.

Conheça a beleza e elegância do artesanato com aguapé produzido pelas mulheres da comunidade:

artesanato com aguapé
Foto: Victor Hugo Sanches
Foto: Fábio Pellegrini

artesanato com aguapé
Foto: André Luiz Siqueira
Flor do aguapé embeleza as águas pantaneiras (Foto: Victor Hugo Sanches)

 

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog