Presidente da Ecoa participa de evento internacional sobre incêndios florestais

3 minutos de leitura

André Luiz Siqueira, diretor presidente da Ecoa, participou da “Oficina Internacional de Governança de Fogo”, evento que aconteceu na Costa Rica entre os dias 4 e 9 de setembro. No evento, nosso diretor presidente apresentou o trabalho feito com as brigadas comunitárias no Pantanal e Cerrado.

Além disso, também foi exibido o documentário “Depois do Fogo”, dos cineastas Marco Carvalho e Marcelo D’Ávila, filmado na Área de Proteção Ambiental Baía Negra, no Pantanal de Ladário (MS). O filme retrata a experiência dos moradores diante dos incêndios que, em 2020, destruíram quase 60% do território da APA.

A iniciativa é promovida pelo Centro Agronômico Tropical de Pesquisa e Ensino (CATIE) e a Rede latino-americana de Bosques Modelo. As ações também contam com apoio do Fundo Florestal Canadense. O evento contou com a participação de 35 representantes de Bosques modelos em diversos países da América Latina e Espanha. No Brasil, são cinco bosques modelos e, entre eles, está a Paisagem Modelo Pantanal, onde a Ecoa atua.  

Entre as atividades desenvolvida no evento, houveram palestras expositivas das experiências em cada região, atividades em campo, diálogos com líderes de governança local e mesas redondas para identificar métodos de intervenção para prevenção e combate a incêndios.

A Costa Rica é considerada uma referência mundial na recuperação de paisagens e manejo do fogo. Nos anos 70, o país sofreu com a falta de água devido à conversão de grandes áreas para desenvolvimento da pecuária. A partir disso, o Governo do país implementou uma série de iniciativas para recuperação da paisagem, manejo do fogo e desenvolvimento agrícola sustentável. Com tais ações, foi possível reverter a falta de água assim como os problemas sociais, econômicos e ambientais decorrentes.

Bosque Modelo

Os Bosques Modelo são processos sociais, inclusivos e participativos que procuram o desenvolvimento sustentável de um território. A partir disso, contribuem para alcançar objetivos como redução da pobreza, mudanças climáticas, luta contra a desertificação e metas de sustentabilidade.

Os princípios que orientam sua implementação são o associativismo, a gestão da paisagem, o compromisso com a sustentabilidade, a governança, o planejamento de médio e longo prazo e o intercâmbio de conhecimentos, construção de capacidades e trabalho em rede.

 

Confira mais fotos do evento: 

 

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog

Boletim Sabores: Cumbaru

Material faz parte do Programa “Valorização de Plantas Alimentícias do Cerrado e do Pantanal”, da UFMS

Formigas polinizadoras

A espécie Camponotus crassus é a principal responsável pela fecundação de um tipo de sempre-viva do