/

Ecoa participa de reformulação do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra da Bodoquena

2 minutos de leitura
Foto: Prefeitura de Bonito.

A Ecoa, representada pela analista de conservação Fernanda Cano, participou da reunião de formação do Conselho Consultivo do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, realizada no último dia 21 na Câmara Municipal de Bonito.

O encontro teve o objetivo de definir as instituições que serão parceiras do ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) na composição do novo Conselho que atuará pelos próximos dois anos. As atividades haviam sido suspensas durante a pandemia de Covid-19, com reativação em janeiro deste ano com a primeira plenária.

A finalidade do Conselho é apoiar a estrutura e defender interesses sociais e ambientais do Parque. 

A Ecoa apoiou a criação do Parque e conduziu processos socioambientais em várias regiões de Mato Grosso do Sul e atua desde o início como parte do Conselho Consultivo. Além disso, possui um histórico de defesa do local, como o manifesto contra a desafetação do Parque em 2018 e o desenvolvimento de pesquisas.

 

Parque Nacional da Serra da Bodoquena

Com mais de 76 mil hectares, o Parque Nacional da Serra da Bodoquena (PNSB) é um dos últimos resquícios de Mata Atlântica do Brasil. Ele é o nascedouro de vários dos rios cênicos que alimentam o turismo na região de Bonito, Bodoquena, Porto Murtinho e Miranda. Águas cristalinas que atraem aproximadamente 200 mil visitantes por ano. Em 2018, o Parque gerou uma soma de R$ 12,4 milhões de ICMS Ecológico entre os quatro municípios.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog

Pantanal

O Pantanal é reconhecidamente uma parte do Planeta com características especiais e particulares, características essas que