Menu

Equipe da Ecoa e apoiadores do projeto “Corredor Miranda Bodoquena: preenchendo lacunas socio-ambientais” visitam áreas em processo de restauração

As visitas foram realizadas em áreas do assentamento Bandeirantes, um dos assentamentos contemplados pelo projeto

Visita ao Assentamento Bandeirantes com os financiadores do Projeto Corredor Miranda-Bodoquena: Preenchendo lacunas socio-ambientais
Publicado em 11 de abril de 2018 às 19:24 Compartilhar:

A equipe da Ecoa se reuniu, no dia 3 de abril, com os apoiadores do Projeto Corredor Miranda Bodoquena: preenchendo lacunas socio-ambientais, para uma visita técnica ao Assentamento de Bandeirantes, no município de Miranda (MS), que passa pelo processo de reflorestamento.

Estiveram presentes Aryanne Amaral, Camila Castro e Michael Becker do Instituto Internacional de Educação do Brasil do Critical Ecosystem Partnership Fund (IEB/RIT/CEPF-Cerrado), Peggy Poncelet e Jack Tordoff (CEPF) e Free De Koning, do Conservation International, da Global Environment Facility (CI/GEF). Além disso, o Diretor Presidente da Ecoa, André Luiz Siqueira, a consultora Nathália Ziolkowski e os monitores Adonias de Brito, monitor do Assentamento Andalucia e Boa Esperança e Antônio Barbosa, monitor do Assentamento Bandeirantes.

A visita ao assentamento contribuiu para que os apoiadores conhecessem os monitores do Projeto e pudessem avaliar os resultados até então alcançados. Nas áreas em restauração, já é possível observar pegadas de animais, o que confirma o retorno da fauna silvestre na região. Foram identificadas presenças de anta (Tapirus terrestris), mão-pelada (Procyon cancrivorus) e de tuiuiús (Jabiru mycteria).

O Projeto é um grande ganho para a biodiversidade na região e está em execução com total apoio dos assentados, que contribuem para a manutenção dos ecossistemas.

Confira abaixo imagens dessa visita.

 

Compartilhar: