Menu

Seminário sobre processo histórico de transição energética no Brasil terá transmissão ao vivo

Evento Transições Energéticas na História no Brasil ocorre no dia 8 de novembro, a partir das 11h30. Público e gratuito.

energia_matriz_energética_manprit-kalsi-1114103-unsplash
Publicado em 31 de outubro de 2018 às 17:15 Compartilhar:

Via IEA-USP

Por Victor Matioli

Existem diversas maneiras de analisar a história do Brasil. Uma delas é compreender a maneira pela qual a matriz energética brasileira se deslocou de uma fonte para outra através do tempo. Com essa finalidade, o Grupo de Pesquisa Khronos: História da Ciência, Epistemologia e Medicina do IEA-USP realizará o evento Transições Energéticas na História no Brasil, no dia 8 de novembro, a partir das 11h30. Os interessados em participar presencialmente devem se inscrever com antecedência. Haverá transmissão ao vivo pela internet, para a qual não é necessário se inscrever.

Além de explorar a dinâmica das transições energéticas brasileiras, o encontro buscará ultrapassar a concepção da energia como algo meramente natural, e pensar sobre seus processos, mecanismos, efeitos e as alterações do ambiente ocasionadas por seus usos.

A expositora será Drielli Peyerl, pós-doutoranda do Instituto de Energia e Ambiente (IEE) da USP e pesquisadora do Research Centre for Gas Innovation da Escola Politécnica (EP) da USP. O encontro será moderado por Gildo Magalhães dos Santos Filho, professor do Departamento de História da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP e coordenador do Grupo de Pesquisa Khronos.

De acordo com os organizadores do evento, o Brasil tem passado por várias transições relacionadas a questões energéticas, que vão desde a criação de políticas públicas, o reconhecimento do território e utilização dos recursos naturais, iniciativas governamentais e privadas, até o impacto social, ambiental e econômico que essas transições geram no decorrer da história.

Essa conjuntura configura, atualmente, um dos principais paradigmas dos discursos de políticas públicas e estratégias governamentais e privadas relacionadas à energia. A exposição de Drielli busca, portanto, introduzir “uma nova leitura sobre o processo de transição energética na história do Brasil, junto com novas perspectivas a curto e longo prazo”.

O link da transmissão ficará disponível em: http://www.iea.usp.br/aovivo.

Mais informações na página http://www.iea.usp.br/eventos/transicoes-energeticas.

Foto de capa por Manprit Kalsi (via Unplash)

Compartilhar: