Conheça a cartilha ‘Cenários Pantaneiros’, da Rede Pantanal

2 minutos de leitura
Pantanal Miranda

“Conhecer para preservar e participar”.  A frase sintetiza o objetivo da publicação ‘Cenários Pantaneiros’, material produzido pela Rede Pantanal em 2010.

A cartilha aborda inicialmente os recursos hídricos no Brasil e no mundo e a participação pública na gestão das águas. De forma mais específica, também traz informações sobre a dinâmica das águas do Pantanal, impactos, ameaças e a presença de conflitos.

Acesse a cartilha aqui

Composta de capítulos que abordam as águas do Pantanal, a publicação é resultado de demandas identificadas entre os membros da Rede para produção de conhecimentos e incentivo à participação dos movimentos e organizações socioambientais na gestão dos recursos hídricos.

A Rede Pantanal

A Rede Pantanal é um coletivo formado por organizações não-governamentais, movimentos sociais, comunidades tradicionais e populações indígenas. Os membros participantes possuem uma preocupação em comum: encontrar alternativas adequadas para o desenvolvimento e melhoria da qualidade de vida das populações e garantir a manutenção do Pantanal.

O coletivo entende ser de extrema importância o desenvolvimento de uma visão global que considere aspectos econômicos, sociais, culturais e ambientais e que promova o Planejamento Integral para o Pantanal.

Sua criação deu-se às margens do rio Paraguai durante a “I Expedição Fluvial Rio Paraguai Suas Águas Sua Gente”, dia 25 de abril de 2002, no município de Cáceres, em Mato Grosso. Em agosto de 2002, a rede foi institucionalizada durante assembleia que reuniu 30 entidades de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, em Miranda (MS).

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog

Boletim Sabores: Cumbaru

Material faz parte do Programa “Valorização de Plantas Alimentícias do Cerrado e do Pantanal”, da UFMS

Formigas polinizadoras

A espécie Camponotus crassus é a principal responsável pela fecundação de um tipo de sempre-viva do