/

O problema não são as onças

1 min de leitura
Barra de São Lourenço (Foto: Iasmim Amiden)

Um alerta escrito por André Luiz Siqueira, Alcides Faria e Rafael Chiaravalloti, diretores da Ecoa, evidenciou um problema cada vez mais recorrente na vida de ribeirinhos: animais, em especial onças-pintadas, estão se aproximando das casas em busca de alimentos.

No dia 25 deste mês, a Ecoa divulgou um texto elaborado por seus diretores apresentando o aumento da presença de onças pintadas nas proximidades de casas em algumas regiões do Pantanal, no município de Corumbá/MS. Foram relatados diversos casos de cachorros e outros animais domésticos sendo devorados e, pelo menos uma vez, uma onça chegou a invadir a casa de um morador da região.

Entretanto, é importante evidenciar: o problema não são as onças.

O alerta feito pela Ecoa tem como foco o risco oferecido aos ribeirinhos e as possíveis causas de alteração no comportamento desses animais. Existe grande possibilidade de tal alteração seja consequência dos incêndios que devastaram o Pantanal nos últimos anos, desestruturando cadeias alimentares.

Com o alerta, a Ecoa também solicita participação mais ativa de autoridades, assim como investigação das possíveis causas do problema.

Clique aqui para ler o alerta feito pela Ecoa na íntegra. 

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog