Brigadistas do Pantanal participam de curso trinacional de prevenção ao fogo

2 minutos de leitura

Dois brigadistas da Área de Proteção Ambiental Baía Negra, em Ladário (MS),  participaram de uma capacitação para estratégia de prevenção ao fogo conhecida como Queima Prescrita. Virgínia Paz e João de Assis representaram o Brasil no evento trinacional, que também contou com participação de brigadistas da Bolívia e Paraguai.

O treinamento aconteceu entre os dias 12 e 16 deste mês no Parque Nacional Otuquis, na Bolívia. A ação conta com apoio da WWF-Bolivia e é promovida com o apoio técnico da Fundación Amigos de la Naturaleza, Fundación Pau Costa, Serviço Nacional de Áreas Protegidas da Bolívia, da Unidade de Resposta Internacional em Incêndios da Espanha e da Direção de Recursos Naturais de Santa Cruz. 

A queima prescrita é um método de prevenção realizada em áreas e períodos específicos. Tem como objetivo consumir o material combustível acumulado, renovando a vegetação e preservando a diversidade biológica.

A atividade teve como objetivo reduzir a intensidade de possíveis incêndios no Pantanal a nível transfronteiriço. Além disso, foi uma oportunidade para fortalecer o treinamento de grupos de combate locais, assim como de promover a troca de experiências entre os participantes.

A brigada da APA Baía Negra conta atualmente com dois esquadrões, cada um deles com sete membros. A iniciativa é fruto da parceria entre a Ecoa e o Prevfogo/Ibama, responsável pelo treinamento.

O primeiro esquadrão foi formado em 2019 como parte do projeto ECCOS (Ecorregiões, Conectadas, Conservadas, Sustentáveis), financiado pela União Europeia.  Já o segundo foi formado em parceria entre a ONG SOS Pantanal, Ecoa, Fundação de Meio Ambiente e Desenvolvimento Rural de Ladário, UFGD e Conselho Gestor da APA Baía Negra. 

 

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog