///

Coletores de baru recebem equipamentos para expandir produção

1 min de leitura

O Centro de Produção, Pesquisa e Capacitação do Cerrado (CEPPEC) recebeu nesta terça (14) equipamentos adquiridos dentro do projeto ‘Cadeia Socioprodutiva do Baru: agregando renda às famílias agroextrativistas no Mato Grosso do Sul e a proteção do Cerrado, que é executado pela Ecoa e conta com apoio da Fundação Banco do Brasil.

A câmara fria, seladora e balança digital recebidas devem viabilizar ampliação da produção baseada em frutos nativos do Cerrado, em especial do baru. Nathália Eberhardt, coordenadora do projeto, explica que a falta dos equipamentos impedia o processamento e armazenamento adequado dos produtos derivados do extrativismo sustentável promovido pela associação comunitária.

“Eles tinham a produção, tinham mercado para comprar, mas não tinham onde armazenar. Agora isso não é mais um problema. Se antes eles tinham a capacidade de armazenamento de 1 ou 2 freezers, agora com a câmara fria vão ter capacidade de armazenamento comparável a 8 freezers”, explica Nathália.

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog