Potencial do baru para geração de renda

1 min de leitura

A estruturação da cadeia do baru, do beneficiamento até sua comercialização, é a principal missão do projeto Cadeia Socioprodutiva do Baru: agregando renda às famílias agroextrativistas no Mato Grosso do Sul e a proteção do Cerrado, executado pela Ecoa em parceria com o Centro de Produção, Pesquisa e Capacitação do Cerrado (CEPPEC) e apoio da Fundação Banco do Brasil. 

Com isso, o projeto também atua garantindo trabalho e agregando renda para famílias extrativistas. Ao todo, a iniciativa articulou 90 famílias coletoras de baru em dez comunidades localizadas no Cerrado

Neste ano, os extrativistas articulados no projeto devem atingir as 90 toneladas de fruto coletado na safra deste ano. A expectativa é que a colheita tenha um aumento de 30 toneladas em relação ao ano anterior, quando foram alcançados 60.000kg.  

Para Altair de Souza, extrativista, agricultor e articulador de campo no projeto, o baru passou a ser elemento central na geração de renda de diversas famílias coletoras articuladas na iniciativa. “Temos família que estão garantindo renda mensalmente com baru como grande carro-chefe. O fruto já passa a ser fundamental na geração de renda dessas pessoas”. 

Para saber mais sobre o potencial do baru na geração de renda, veja o vídeo disponível abaixo:

Alíria Aristides

Jornalista no núcleo de comunicação da Ecoa

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Mais recente de Blog

Boletim Sabores: Cumbaru

Material faz parte do Programa “Valorização de Plantas Alimentícias do Cerrado e do Pantanal”, da UFMS

Formigas polinizadoras

A espécie Camponotus crassus é a principal responsável pela fecundação de um tipo de sempre-viva do